sexta-feira, janeiro 06, 2006

A caricatura do momento, no cartoon semanal do caricaturista Zé Oliveira

...um cartoon amputado

É este o meu cartoon da edição de hoje do Região de Leiria, semanário de maior tiragem do Distrito (20.000 por edição, suplantando assim alguns títulos de âmbito nacional).




...e este boneco tem várias estórias:

Primeira: Hoje é Dia de Reis, portanto era "obrigatório" que o boneco se desenrolasse à volta dos reis do momento. Um deles vai ser "rei" de Portugal. E começou a desenhar-se na minha cabeça a figura do Cavaco de algum modo a "reeditar" a triste cena da fatia de bolo rei de há uns anos que as televisões documentaram. Quase de seguida, ocorreu-me o cruzamento da cristalização das frutas (que para ali estão, não apodrecidas, sim cristalizadas) com a figura gerontossincrática de Soares. Mas para Alegre é que me vi mais embaraçado. Não me surgia (não me surgiu) uma ideia forte. Mas enfim, desenhei-o no começo do desenho... Estas coisas dos cartoons são um pouco como os sonetos, é no final que vem a chave de ouro...

Segunda: Com a azáfama e as preocupações que os leitores enfrentam, talvez haja muitos deles que se esqueçem de que hoje é Dia de Reis. E, como me interessava que o leitor tivesse essa informação, para mais eficaz usufruto do cartoon, decidi passar essa mensagem de modo "subreptício", dedicando o desenho à Sílvia... Reis, redactora-coordenadora do Região de Leiria. (Talvez não seja perceptível aqui no blog, mas na edição de papel sim; é isso que diz sob a minha assinatura).


Terceira: Na já "secular" história do cartoon Os Corvos, é esta a segunda vez que me esqueci de desenhar o par das ditas cujas aves no boneco... Uma bronca em que só reparei no dia seguinte (ontem) quando estava a arquivar o desenho!...

Quarta: Neste momento, choro copiosamente por ter perdido a oportunidade de ter enriquecido o cartoon com um pormenor fabuloso: uma placa no deserto a dizer BELÉM a apontar o caminho dos três Reis Magos. É essa falta que distingue este cartoon de um cartoon plenamente conseguido (modéstia àparte).

Zé Oliveira

7 comentários:

Carmen Zita disse...

O óptimo pode ser inimigo do bom. O cartoon está muito bem pensado. O que é mesmo, mesmo, bom é ter acesso (facto que este blog permite quase em tempo real) ao pensamento do artista que executou a obra.
Um abraço.
(Zé: Desta vez consegui deixar um comentário!)

Alvaro disse...

A tabuleta a dizer BELÉM não faz ali falta nenhuma. Qualquer um que veja este cartoon perceberá logo para onde pretendem ir os três camelos.

rebeldeinconformista disse...

Caro Zé, esta é infelizmente a nossa realidade... Confesso detesto-a... Mas será só nossa??? Portuguesa!!! Não me parece.Por vezes penso que dada a nossa ignorância ou ingenuidade, não temos "culpas no cartório", mas de facto é o contrário... De que temos medo, pessoas? O país não depende de politicos ignorantes!!! De que temos receio Senhoras(es), desta "pessoinhas" que não são minimanemte profissionais!!! e cujos actos nós sofremos as consequências??? Para mim o idealismo/ou seja lá o q for de q necessitamos no intelecto, só surge dp da falta do pão para a boca para os nossos filhos... Lolll, aqui vai o discurso de alguém q até é CDS nem è PP... E nao significa q concordo com tudo o que dizem... Acredito que não há nada como a liberdade de expressão, e viver numa sociedade em q podemos ter crenças diferentes, mediante a experiência de vida pessoal ao lgo do tempo, ninguém tem que "julgar ninguém", mas há regras a cumprir pelo respeito que devemos ter uns pelos outros... Sei q é utópico... Como Portuguesa, acredite Alvaro não quero "camelos"... Será q em vez de apenas nos dedicarmos à malidecência, podemos fazer algo concrecto... Independentemente da ideologia politica, nós PORTUGUESES somos capazes...

Alvaro disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Alvaro disse...

Minha senhora. Nós portugueses não nos limitamos à «malidecência». Pelo menos alguns de nós trabalham para sustentar as reformas obscenas daqueles Sebastiões.

Já agora se a «malidecência» a incomoda sugiro que envie o seu protesto aos candidatos à Presidência da República. Um deles vai representar o nosso educado país nos próximos 5 ou 10 anos. Se continuarem assim, fica mal.

Zé Oliveira disse...

ESCLARECIMENTO

Em 4ª posição, aparece a informação de que "esta postagem foi removida pelo autor".

Como responsável deste blog, devo dizer que não tenho explicação para o aparecimento daquela nota (que aparece automaticamente).

Como já aqui afirmei, só retiro comentários que tenham pressuposto comercial (normalmente aparecem em língua inglesa) e retirarei algum que seja atentatório da dignidade de algum cidadão ou injustificadamente indecoroso, coisas que ainda não aconteceram.
Os únicos que retirei, continham inequívoca mensagem publicitária.
Mas nem desses tenho tido necessidade de retira neste últimos dias.
Portanto, repito: é completamente despropositada aquela nota.

Alvaro disse...

Fui eu o autor de «Esta postagem foi removida pelo autor». A «postagem» referida tinha umas calinadas ortográficas e removi-a ao tentar corrigir o texto. Foi só por isso.