sexta-feira, novembro 16, 2007

Em Cuba
Nuez galardoado com
Prémio Nacional de Artes PlásticasO caricaturista cubano René de la Nuez acaba de ser galardoado com o Prémio de Artes Plásticas 2007, quando completa 50 anos de carreira.
É a primeira vez que em Cuba este prémio se atribui a um caricaturista, e o juri afirma que tomou em consideração a "consistente e sustentada trajectória por mais de cinco décadas".
Símbolos entranháveis
A este reconhecimento, não é alheia a sua contribuição para "o imaginário popular, a partir de uma rigorosa síntese artística, com entranháveis símbolos de identidad e resistencia", de que são exemplo as suas personagens "El Loquito" (desenho abaixo) e "Los barbudos", como se lia recentemente no diário oficial Granma.

René de la Nuez nasceu em San António de los Baños em 8 de Setembro de 1937 e iniciou a sua actividade satírica justamente com "El Loquito" no jornal Zig-Zag.
Mais de 80.000 desenhos
Graduado em Jornalismo pela Universidade de Havana, é o caricaturista cubano com mais livros publicados e já produziu mais de 80.000 desenhos, fez mais de 20 exposições individuais e acumula inúmeras distinções, designadamente a Medalha Alejo Carpentier, uma deas mais importantes que otorga o ministério da Cultura cubano.
Prémio desde 1994
O Prémio Nacional de Artes Plásticas, instituido en 1994 pelo Conselho Nacional de las Artes Plásticas, é atribuído anualmente a um artista vivo, residente no país, cuja obra tenha sido um instumento valioso para o desenvolvimento e história da plástica cubana.





















Caricaturas do coordenador do Buraco da
Fechadura, por René de la Nuez
......
À direita:
Auto-caricatura de Nuez (http://humorgrafe.blogspot.com/)

1 comentário:

Bozena Borecka disse...

Conheci um pouco da obra de René Nuez através do programa de Cuba Visión Internacional porque gosto não só do idioma espanhol, de Cuba mas em primeiro lugar de desenho e caricatura em especial. Acho muita coragem para manter a verticalidade de ideias em país como Cuba e não é fácil quando os jornais não publicam caricatura. Naturalmente caricaturista consciente constitui uma ameaça invisível contra a mentalidade do poder. A entrevista conduzida por critíco de grande cultura e conhecimiento, saiu muito interessante. Gostaria de comprar algum livro com desenhos de René de la Nuez...
Cumprimentos bozenaborecka@gmail.com